Tempo
|

“Ataque informático é uma ofensa a todos os cristãos”

23 out, 2012 • Paula costa Dias

Porta-voz da Conferência Episcopal Portuguesa diz que piratas informáticos atacaram parte da solução da crise em Portugal.  

“Ataque informático é uma ofensa a todos os cristãos”
O ataque informático ao site do patriarcado de Lisboa foi uma injustiça e uma ofensa a todos os cristãos, considera o padre Manuel Morujão.

As palavras foram proferidas pelo porta-voz da Conferencia Episcopal à saída de mais uma reunião do conselho Permanente, hoje em Fátima. : A Igreja, a começar pelo Presidente da Conferência Episcopal têm tentado, em diversas circunstâncias, dar ânimo mas também estar perto das populações nas suas inúmeras obras sociais. Estar a atacar alguém que é parte da solução desta angústia e tendência a depressão é uma injustiça”.

Os ataques ao site do patriarcado sucederam-se desde sexta-feira, tendo sido colocadas imagens ofensivas a D. José Policarpo.

Para o Padre Manuel Morujão, trata-se de uma ofensa colectiva ao povo cristão: “Não se ofende uma pessoa em particular, que é mal interpretada, mas ofende-se todas as pessoas que partilham da sua fé, por isso acho que é uma ofensa colectiva da grandíssima maioria do povo português, claramente condenável”.

Mesmo assim, não confirmou se o Patriarcado vai avançar com uma queixa nos tribunais.