Tempo
|

Durão Barroso preocupado com perseguições a minorias religiosas

12 jul, 2012

Durão Barroso e o presidente do Conselho Europeu, Herman van Rompuy, reuniram-se hoje com 24 representantes das religiões cristã, judaica e muçulmana, bem como das comunidades Hindu e Baha'i na Europa.

Durão Barroso preocupado com perseguições a minorias religiosas
O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, manifestou-se hoje preocupado com a perseguição a minorias religiosas e reiterou que a União Europeia condena todos os actos desta natureza, no final de um encontro com líderes religiosos, hoje em Bruxelas.

“Condenamos todos os actos de violência contra minorias religiosas, seja na Europa, em África ou na Ásia, onde quer que estes aconteçam”, disse José Manuel Durão Barroso, numa conferência de imprensa.

“A liberdade religiosa deve ser respeitada em todo o lado e preocupa-nos bastante ver algumas minorias, cristãs ou outras, serem alvo de ódio por outras partes da sociedade, tal como aconteceu no passado, em muitos outros países, contra minorias muçulmanas ou judaicas”, acrescentou.

O líder do executivo comunitário sublinhou ainda a UE defende “o direito a qualquer pessoa ter uma religião, bem como o direito a não professar qualquer religião”.

Durão Barroso e o presidente do Conselho Europeu, Herman van Rompuy, reuniram-se hoje com 24 representantes das religiões cristã, judaica e muçulmana, bem como das comunidades Hindu e Baha'i na Europa.

Esta reunião tem uma periodicidade anual desde 2005.