Tempo
|

Padres da Guarda "devem preocupar-se menos" com questões materiais

04 jul, 2012 • Domingos Pinto

“Apelo tem a ver com o povo dizer aos seus padres ‘Não se preocupem com os recursos materiais, que não vos hão-de faltar’”, explica bispo.

Padres da Guarda "devem preocupar-se menos" com questões materiais
Os padres da diocese da Guarda terão de se preocupar menos com as questões materiais e mais com a sua espiritualidade e com o sentido de proximidade aos fiéis.

O apelo é de D. Manuel Felício, bispo da Guarda, numa nota divulgada hoje na sequência do inquérito dirigido à diocese sobre a forma como os fiéis vêem o seu clero.

Neste inquérito os fiéis mostram-se preocupados com alguns sacerdotes que mostram sinais de riqueza. É uma crítica que faz sentido, diz o bispo da diocese D. Manuel Felício: “O problema tem a ver com o povo dizer aos seus padres ‘Não se preocupem com os recursos materiais, que não vos hão-de faltar’. Para nós também foi gratificante essa afirmação vinda dos inquéritos, porque às vezes nós, padres, somos tentados a seguranças. E a nossa segurança, sabemo-lo perfeitamente, é só Deus e Jesus Cristo. O resto é secundário”.

Deste inquérito saíram ainda outras recomendações, todas na linha de uma maior proximidade dos padres às populações: “Interpelações principalmente feitas na linha daquilo que o padre deve ser, a presença de Cristo e de Deus na Igreja e na sociedade. Um outro pedido, que o padre crie condições de proximidade, mesmo sacrificando algumas actividades que podem ser deixadas para outros, e depois que seja alguém capaz de transmitir às pessoas com linguagem acessível o que é o essencial do evangelho”.

Preocupações que exigem respostas que poderão passar por uma maior responsabilização dos leigos: “Dissemos às pessoas que estamos na disposição de responder da melhor maneira. Claro que isso envolve da nossa parte algum esforço de confiar responsabilidades a segundos e a terceiros. Essa é a nossa principal conclusão. Dispensarmos certas actividades para nos dedicarmos ao principal”.

Padres e fiéis na diocese da Guarda em sintonia nas opções de fundo a seguir para melhorar a acção da igreja na diocese.