Tempo
|

Padre anti-máfia declarado mártir por Bento XVI

28 jun, 2012

O padre Pino Puglisi foi assassinado pela máfia siciliana em 1993.

Padre anti-máfia declarado mártir por Bento XVI

O Papa declarou hoje que o padre Pino Puglisi, assassinado em 1993, foi morto por “ódio à fé”.

A decisão faz do sacerdote mártir e possibilita a sua elevação ao estatuto de beato sem que seja necessário a verificação de um milagre por sua intercessão.

Pino Puglisi dedicou-se a denunciar a Máfia durante as suas homilias e acabou por pagar esse facto com a vida, tendo sido assassinado por mafiosos à porta da sua casa, no dia em que completava 56 anos de idade.