Tempo
|

Ossadas na Bulgária podem ser mesmo de João Baptista

18 jun, 2012

Descobertas em Julho de 2010, nas ruínas de uma igreja medieval, as relíquias estão a ser veneradas por milhares de fiéis da Igreja Ortodoxa da Bulgária.

Ossadas na Bulgária podem ser mesmo de João Baptista
As relíquias encontradas numa igreja búlgara há dois anos poderão ser mesmo de São João Baptista, afirma um cientista inglês que as analisou cientificamente.

A descoberta em 2010 de uma caixa com as relíquias, nas ruínas de uma igreja medieval na ilha de São João, ao largo de Sozopol, no mar negro, causou grande entusiasmo na Bulgária mas também motivou muito cepticismo, uma vez que se sabe existirem muitas relíquias falsas.

Contudo, a análise de ADN levada a cabo demonstrou que as ossadas pertencem todas à mesma pessoa, e a datação dos ossos revela que são de um homem que viveu no Médio Oriente cerca do primeiro século da era cristã.

Tom Higham, da Universidade de Oxford, que analisou as relíquias, disse que é evidente que não se pode ter a certeza que são de São João Baptista, mas que estes resultados dão pelo menos mais credibilidade a essa teoria.

Higham, que é ateu, quer agora angariar fundos para investigar e analisar outras relíquias de João Baptista para tentar determinar se são do mesmo homem.