Tempo
|

Mais 35 cristãos mortos em atentados na Nigéria

17 jun, 2012

Jovens cristãos retaliaram na cidade de Kaduna, matando cerca de uma dúzia de muçulmanos e destruíndo uma mesquita.

Mais 35 cristãos mortos em atentados na Nigéria
A violência inter-religiosa voltou a abalar a Nigéria hoje com um triplo atentado a atingir três igrejas e a matar pelo menos 35 cristãos que lá se encontravam a celebrar o Domingo.
 
Os ataques a igrejas tornam-se comuns na Nigéria, sobretudo ao Domingo, quando estão cheias, e já fizeram centenas de mortos ao longo dos últimos meses. Os atentados são já uma imagem de marca do grupo terrorista Boko Haram, que pretende implementar a lei islâmica naquele país.
 
Hoje, como já tinha acontecido a semana passada, jovens cristãos saíram para a rua e retaliaram, atacando muçulmanos e destruindo pelo menos uma mesquita, tendo vandalizado outra. Segundo a imprensa local, pelo menos 11 muçulmanos terão morrido nestas represálias.
 
A população nigeriana divide-se mais ou menos a meio em termos religiosos, com os cristãos a dominar no sul do país e os muçulmanos no norte. Os piores casos de violência têm acontecido nas zonas do norte, ou então no centro do país onde as comunidades convivem em maior número.