Tempo
|

Papa deixa palavras de apoio a vítimas do atentado e do sismo em Itália

20 mai, 2012

Este foi um fim-de-semana trágico para muitas famílias italianas - pelo atentado que, no sábado, vitimou mortalmente uma jovem de 16 anos, e pelo terramoto deste domingo, no norte do país.

Papa deixa palavras de apoio a vítimas do atentado e do sismo em Itália
O Papa Bento XVI referiu-se este domingo ao atentado de ontem em Itália, após a oração do Regina Coeli, perante os fiéis que o ouviam na Praça de São Pedro, no Vaticano.

“Hoje, recordo os rapazes e raparigas da escola de Brindisi envolvidos ontem num vil atentado. Rezemos juntos pelos feridos, alguns em estado grave, e especialmente pela jovem Melissa, vítima inocente de uma brutal violência e pelos seus familiares, que estão a sofrer”, afirmou.

Mas hoje foi também dia de tragédia e o Papa não esqueceu as vítimas do sismo da última madrugada.

“O meu afectuoso pensamento vai também para as queridas populações da Emília Romana, afectada há poucas horas por um terramoto. Estou espiritualmente próximo as pessoas afectadas por esta calamidade: imploremos a Deus a misericórdia por quantos morreram e o apoio no sofrimento aos feridos”, apelou.

Neste Dia das Comunicações Sociais, Bento XVI lembrou ainda que o silêncio é parte integrante da comunicação e um lugar privilegiado para o encontro com a palavra de Deus.

Seja qual for sua forma, acrescentou, a comunicação deve servir para estabelecer com o próximo um diálogo autêntico, fundado no respeito recíproco.