Tempo
|

Santuário de Fátima enche-se para celebrações do 13 de Maio

13 mai, 2012

Estimativas indicam que o número de peregrinos se aproximou, ontem à noite, da estimativa dos 300 mil.

Santuário de Fátima enche-se para celebrações do 13 de Maio
Espera-se uma grande afluência de fiéis a Fátima para a peregrinação aniversária do 13 de Maio e o recinto já se encontra bem composto, com uma multidão que ultrapassa os limites do Santuário, como verifica a Renascença no local.

A organização espera cerca de 300 mil pessoas e terá sido esse o número de peregrinos que, no sábado à noite, encheu o Santuário, para ouvir o cardeal Gianfranco Ravasi, presidente do Conselho Pontifício para a Cultura, que preside, também esta manhã a eucaristia de 13 de Maio, concelebrada por dezena e meia de bispos e muitos sacerdotes.

A importância do acto de peregrinar deve ser sublinhada este domingo pelo cardeal italiano, que, ontem à noite, exaltou o amor de Deus e afirmou que "peregrinar é deixar o estilo normal de vida".

"O mundo actual vive quase sempre em lugares de dispersão, nos quais dominam a palavra sem consistência, de mero entretenimento", disse ainda, contrapondo para o lugar de destaque que deve ser dado aos santuários enquanto locais de confluência dos crentes.

Outra mensagem que o responsável pelo Conselho Pontifício da Cultura deve deixar hoje está relacionada com a necessidade de "pensar que há outra via" para a comunicação da mensagem cristã – a Internet e as redes sociais.

D. Gianfranco Ravasi confessa-se adepto das novas vias de comunicação: utiliza o twitter todos os dias, tem dois blogues e "quase 20 mil seguidores".


Grande afluência leva GNR a improvisar parques de estacionamento
A Renascença falou com o comandante da GNR responsável pela operação de trânsito, segundo o qual há muitos autocarros a chegar a Fátima e não há espaço nos parques de estacionamento.

A GNR teve, por isso, de encontrar soluções alternativas, com parques improvisados fora de Fátima, para onde estão a ser desviados os veículos.

Uma peregrina considera, por seu lado, que “as pessoas vêm com mais fé”. Di-lo pela postura dos fiéis com quem se cruza. “Há menos turismo”, considera.

As cerimónias da peregrinação de 13 de Maio culminam com a eucaristia das 10h00, a que se segue a bênção dos doentes e a Procissão do Adeus.