Tempo
|

Papa encoraja bispos americanos a defender casamento tradicional

09 mar, 2012

Oito estados americanos reconhecem o chamado casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Papa encoraja bispos americanos a defender casamento tradicional
Bento XVI encorajou hoje os bispos americanos a prosseguirem a sua defesa do casamento tradicional, entendido como sendo entre um homem e uma mulher e orientado para a procriação.

O Papa falava com um grupo de bispos de dioceses do ocidente do país que se encontram em Roma para a sua visita ad limina, que se realiza de cinco em cinco anos. É frequente, para países com muitos bispos, dividir estas visitas por zonas geográficas.

Bento XVI agradeceu aos bispos os esforços que têm feito para contrariar “correntes culturais e políticas poderosas” que procuram legalizar o chamado casamento homossexual.

“As diferenças de sexo não podem ser consideradas irrelevantes para a definição do casamento”, afirmou o Papa durante a audiência de hoje, acrescentando que a noção tradicional de casamento deve ser defendida uma vez que aquilo que fere a família, fere a sociedade.

Neste momento há oito estados na América que reconhecem o “casamento” entre pessoas do mesmo sexo, com outros dois em vias de o fazer. Curiosamente, em todos os estados em que a proposta foi colocada em referendo o eleitorado votou contra, incluindo na Califórnia, um caso que está agora nos tribunais.