Tempo
|

Conferências divulgam vida de Alexandrina de Balasar

23 fev, 2012 • Aura Miguel

Ao longo das próximas seis semanas, outras tantas conferências analisam o legado da beata que os portugueses mal conhecem.

Divulgar a história e o carisma da beata Alexandrina de Balasar é o grande objectivo de uma série de conferências que vai decorrer na Universidade Católica, no Porto. A primeira terá lugar já esta noite.

Luís Pizarro, da organização, lembra que Alexandrina, que foi beatificada em 2004, é conhecida e venerada em vários países, mas é desconhecida de muitos portugueses: “O objectivo é dar a conhecer a grande riqueza espiritual que foi e continua a ser a vida desta notável portuguesa. Trata-se de uma das maiores místicas portuguesas e do mundo no século XX”, explica, “é muito conhecida em vários países, entre os quais Itália e Irlanda, mas infelizmente pouco conhecida em Portugal, apesar de recentemente ter sido beatificada por João Paulo II.”

As conferências serão realizadas numa parceria entre a Católica e um grupo de portugueses que, nas palavras de Luís Pizarro: “Pretende a defesa da fé, que luta para que a fé católica, que é tão rica e tão importante não fique superficial, que se aprofunde”.

O organizador considera que Alexandrina é disso um bom exemplo: “Foi uma pessoa cheia de fé, na Cruz, no valor do sofrimento, na ajuda do Céu e de Nossa Senhora. Esses valores estão hoje um bocadinho superficiais e nós pretendemos aprofundá-los.”

Ao todo vão-se realizar seis conferências que a partir de hoje vão decorrer sempre às quintas-feiras à noite na Faculdade de Teologia da Católica, no Porto.

O tema da primeira conferência é “Do Mundo para Balasar: o contexto histórico-religioso de uma vida” e será proferida pelo Cónego José Paulo Leite de Abreu.

Na próxima semana discute-se “A Paixão na Espiritualidade: contexto místico de uma experiência”, a cargo de Alexandre Duarte.

No dia 8 de Março o padre José Granja falará sobre “Uma Vida Extraordinária: a vida de Alexandrina de Balasar” e no dia 15 de Março Carlos Mota Cardoso aborda “O Extraordinário numa Vida: a ciência e as ocorrências místicas”

As últimas duas conferências tratarão “A Espiritualidade na Paixão: a mensagem espiritual de Alexandrina” e “De Balasar para o Mundo: a actualidade de uma mensagem espiritual”, pelos padres Dário Pedroso e Miguel Sottomayor, respectivamente.

Alexandrina de Balasar nasceu naquela freguesia da Póvoa de Varzim em 1904, e faleceu em 1955. Foi beatificada há oito anos, com base na cura de uma portuguesa em Estrasburgo - uma cura que a medicina não explicou, e que a emigrante atribuiu à intercessão de Alexandrina de Balasar.