Tempo
|

Patriarca anuncia "Missão Metrópoles" para a nova evangelização

16 fev, 2012 • Domingos Pinto

Catequeses quaresmais e jornadas penitenciais serão principal actividade desta “missão”, que junta 12 capitais europeias.

Patriarca anuncia "Missão Metrópoles" para a nova evangelização
Patriarca anuncia "Missão Metrópoles" para a nova evangelização
“Um programa especial para a vivência da nossa Quaresma deste ano”. É desta forma que D. José Policarpo caracteriza a Missão Metrópoles. O Cardeal-Patriarca de Lisboa convida à participação nos diversos eventos da Missão Metrópoles.
O Patriarca de Lisboa apresentou esta quinta-feira a "Missão Metrópoles", um grande projecto de nova evangelização proposto pelo Papa, que vai juntar 12 cidades europeias e que terá início com o começo da Quaresma.

D. José Policarpo considera que este é um programa especial para a vivência da Quaresma deste ano. Numa mensagem vídeo publicada esta quinta-feira no site do Patriarcado, diz que é necessária uma nova evangelização da Europa e destaca a importância da proposta de Bento XVI.
 
“Demonstra a preocupação do Santo Padre com a reevangelização da Europa, ou uma nova evangelização da Europa, continente que foi a base da expansão do Cristianismo para todas as partes do mundo e que ultimamente, como todos sabemos, tem caído numa espécie de indiferentismo, de agnosticismo, onde as comunidades cristãs são minorias”, afirma D. José Policarpo.

Este projecto, que foi adoptado pelo Patriarcado de Lisboa sob a designação de “Nova Evangelização”, é uma forma de dinamizar na diocese os desafios lançados pelo Congresso Internacional para a Nova Evangelização (ICNE).

O Patriarca diz que esta será uma oportunidade para recordar o ICNE em Lisboa e explica que no centro das actividades estará a catedral: “O programa está previsto com centralidade na catedral e no ministério do Bispo diocesano. Compreende-se, porque a Catedral é o coração da diocese - é aí que está a cátedra do Bispo, onde o seu magistério deve ser exercido”.

No caso de Lisboa, D. José Policarpo aponta três grandes objectivos desta Missão Metrópoles: “Primeiro o anúncio, com primazia para as catequeses do Bispo na catedral. Depois a celebração da penitência, reavivar durante a Quaresma o sentido da [confiança] como sacramento da misericórdia, e por fim a partilha fraterna, porque entre nós há uma longa tradição de renúncia quaresmal”.

O Patriarca sublinha o facto de este evento ter lugar no contexto da crise financeira: "Circunstâncias muito particulares de exigência humana, que se tem de transformar e dar lugar à coragem cristã”.

A Missão Metrópoles arranca no dia 22, início da Quaresma, e vai prolongar-se até 15 de Abril.

Do programa destacam-se as mensagens quaresmais do Cardeal Patriarca, as Jornadas Penitenciais e ainda a Jornada Diocesana da Juventude, no dia 1 de Abril na Baixa de Lisboa.