Tempo
|

Monsenhor Francesco Moraglia é o novo Patriarca de Veneza

01 fev, 2012 • Filipe d'Avillez

O Patriarcado de Veneza é uma das dioceses mais importantes de Itália, de onde já saíram três Papas desde o início do século XX.

Monsenhor Francesco Moraglia é o novo Patriarca de Veneza
O Papa nomeou ontem o novo Patriarca de Veneza. Monsenhor Francesco Moraglia tem 58 anos e era bispo da diocese de La Spezia-Sarzana-Brugnato.

A nomeação é especialmente importante dada a importância histórica do Patriarcado de Veneza, de onde já saíram três Papas desde o início do século XX.

Francesco Moraglia é natural de Génova. Tirou o seu doutoramento na Pontifícia Universidade Urbaniana e exerceu vários cargos académicos antes de ser nomeado bispo de La Spezia.

Sucede no Patriarcado a Angelo Scola, que foi nomeado Arcebispo de Milão, outra diocese de onde já saíram vários Papas. Nunca um bispo tinha transitado entre essas duas dioceses.

Tradicionalmente o Patriarca de Veneza é feito Cardeal no consistório seguinte à sua nomeação, mas uma vez que a lista de cardeais a serem criados agora em Fevereiro já foi publicada, o novo Patriarca terá de esperar até ao próximo consistório.

Tradicionalmente o título Patriarca é mais próprio do Cristianismo Oriental. Na Igreja Católica de rito latino, na Europa, há apenas dois Patriarcas, actualmente, o de Veneza e o de Lisboa, mas o cargo é apenas honorífico. Um dos títulos do Papa era também Patriarca do Ocidente, mas Bento XVI deixou de o usar em 2006.

Fora da Europa existe o Patriacado Latino de Jerusalém, ocupado por Fouad Twal e o Patriarcado das Índias Orientais, ocupado desde 2004 por D. Filipe Neri Ferrão, natural de Goa e de ascendência portuguesa.

Outros Patriarcados latinos foram caindo em desuso ao longo dos anos, incluindo o Patriarca das Índias Ocidentais, tradicionalmente ostentado por um espanhol.

[Notícia actualizda às 16h25]