Tempo
|

Mais de 35 mil cristãos já fugiram do norte da Nigéria

27 jan, 2012

Terroristas islâmicos lançam o caos na região. O presidente já prometeu aumentar as medidas de segurança.

Mais de 35 mil cristãos já fugiram do norte da Nigéria
A recente onda de ataques terroristas em Kano, na Nigéria, já levou à fuga de mais de 35 mil cristãos, segundo dados avançados pela Fundação Ajuda à Igreja que Sofre.

A organização indica fontes da igreja local, que terão dito que os refugiados dirigem-se às cidades mais seguras, a Sul.

A Nigéria está dividida ao meio em termos religiosos, com um norte de maioria islâmica e um sul de maioria cristã. Em termos globais pouco mais de metade da população é muçulmana. A Nigéria é o maior país do continente africano em termos demográficos.

Nas últimas semanas o grupo terrorista Boko Haram, que quer criar um Estado islâmico, tem espalhado o pânico colocando bombas em vários locais, desde postos da polícia a igrejas. Pelo menos 200 pessoas já perderam a vida e o presidente Goodluck Jonathan promete aumentar a segurança e combater os insurgentes.

A situação tem levado a uma fuga generalizada de pessoas, sobretudo de cristãos, que na confusão deixam para trás tudo “porque ninguém sabe quando irromperá mais violência”, explica a mesma fonte.