Siga-nos no Whatsapp

“Israel falhou na guerra do Líbano por falta de oração”

18 jan, 2012

Ministro do Interior de Israel considera que a Guerra dos Seis Dias correu melhor porque os militares “ergueram os olhos a Deus”.

“Israel falhou na guerra do Líbano por falta de oração”
O ministro do Interior de Israel, Eli Yishai, recorreu à teologia para explicar o insucesso da campanha israelita contra o Hezbollah, no Líbano, em 2006.

Segundo o ministro, a culpa esteve na falta de fé dos soldados israelitas, que cometeram o pecado de confiar demais nas suas próprias forças e não no auxílio divino.

Yishai comparou o conflito de 2006, no qual, apesar de infligir muito mais baixas ao inimigo, Israel não conseguiu destruir a capacidade militar do Hezbollah no Líbano, com o retumbante sucesso da guerra dos seis dias, em 1967. Na altura desse conflito, recordou Yishai, “todos os países árabes combateram contra Israel" e haviendo "pelo menos, cem soldados inimigos para cada israelita, se não milhares, centenas de carros de combate por cada um dos nossos, centenas de aviões por cada avião”. Em contraste, no ano de 2006 Israel tinha o aparelho militar mais forte de todo o Médio Oriente.

“Na Guerra dos Seis Dias ,todos os judeus que foram para a batalha ergueram os olhos para o criador”, afirmou, ao contrário de 2006, em que o exército israelita se fiou na sua própria força.

“Esta é uma grande lição. Quando todos os Estados estão contra o povo judeu o que nos salvará é o estudo da Torah”, afirmou.