Tempo
|

Igrejas "têm de deixar de competir entre si"

16 jan, 2012

A Semana de Oração, que decorre entre quarta-feira, 18, e quarta-feira 25 de Janeiro, é dedicada ao tema “Todos seremos transformados pelas vitórias de nosso Senhor Jesus Cristo”.

As Igrejas "têm de deixar de competir entre si" e podem "precisar de reformar a sua estrutura interna" para acabarem com as separações, recomenda o guião da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos deste ano.

“A unidade, pela qual oramos, não é simplesmente uma noção ‘confortável’ de amizade e cooperação. Ela exige a disposição de renunciar à competição entre nós”, refere o caderno de acordo com a agência Ecclesia.

A edição portuguesa do documento, publicada pela Igreja Católica e pelo Conselho Português das Igrejas Cristãs (COPIC), indica que a união “pode exigir a renovação de formas da vida eclesial”, perspectiva “emocionante” mas que pode levar “medo” às comunidades.

A Semana de Oração, que decorre entre quarta-feira, 18, e quarta-feira 25 de Janeiro, é dedicada ao tema “Todos seremos transformados pelas vitórias de nosso Senhor Jesus Cristo”, frase apoiada na carta bíblica de São Paulo aos Coríntios.

Escola de Oração entra no espírito ecuménico
O site da Escola de Oração de São José, um órgão do Patriarcado de Lisboa, associa-se a partir de quarta-feira à semana de oração pela unidade dos cristãos.

A partir de dia 18 e até ao dia 25 o site publicará reflexões e orações submetidas por representantes de diferentes confissões cristãs presentes em Portugal, como por exemplo a Igreja Lusitana, a Igreja Baptista e a Igreja Ortodoxa Russa.