Tempo
|

Malabaristas e um crocodilo bebé animam Santa Sé

12 jan, 2012

Réptil cubano foi apresentado ao Papa e viajará para a terra dos seus antepassados na próxima Primavera.

Malabaristas e um crocodilo bebé animam Santa Sé
Onde é que se podem encontrar malabaristas e um crocodilo bebé? No Vaticano. Foi pelo menos esse o cenário que ontem marcou a audiência geral de Bento XVI em Roma.

Esta não foi a primeira vez que artistas de circo actuaram perante o Papa, mas a presença de um crocodilo cubano bebé fez levantar alguns sobrolhos entre os fiéis e clérigos que ontem marcaram presença na audiência papal.

O réptil em questão pertence a uma espécie rara. Os crocodilos cubanos subsistem em apenas uma pequena parte da ilha e estão em perigo de extinção.

O bebé que ontem foi apresentado ao Papa será devolvido a Cuba mais ou menos na mesma altura em que Bento XVI visita o país, numa viagem marcada para a próxima Primavera.

O Papa aproveitou a presença do animal para falar novamente do respeito pela criação: “Enfatizo que a educação, correctamente compreendida, não pode deixar de despertar o respeito pela criação. A protecção ambiental e a ligação entre o combate à pobreza e às alterações climáticas são áreas importantes para a promoção integral do desenvolvimento humano”, afirmou Bento XVI.