Tempo
|

Paróquias reforçam ajuda aos que mais precisam

19 dez, 2011

Época de Natal “obriga” ao reforço dos cabazes e cada vez há mais gente a pedir ajuda.

O agravamento da crise fez disparar o número de pessoas em dificuldades. A viverem situações de desespero, são muitos os que decidem pedir ajuda à Igreja.

É o que sucede na paróquia do Santíssimo Nome de Jesus, em Odivelas. Não só aumentou o número de famílias que pedem apoio, como ainda há lista de espera, refere Alexandra Gameiro, da Conferência dos Vicentinos.

Os muitos pedidos de ajuda chegam também diariamente à paróquia do Coração Imaculado de Maria, no Cacém, no concelho de Sintra.

Por isso, vão ser distribuídos esta semana dezenas de cabazes extraordinários de Natal para estas famílias que não podem ser apoiadas todos os meses, mas que vivem no limiar da pobreza.

Também em Rio de Mouro, Sintra, a paróquia de Nossa Senhora de Belém reforça os cabazes nesta altura do ano.

Os cabazes de Natal são reforçados e levam alguns alimentos extra e ainda brinquedos a pensar nas crianças que pouco ou nada têm.