Tempo
|

Rússia ameaça banir livro sagrado dos hindus

19 dez, 2011

No centro do caso estará a seita Hare Krishna, com raízes no Hinduísmo

Rússia ameaça banir livro sagrado dos hindus
Um caso de tribunal na Sibéria poderá resultar na proibição de venda do Bhagavad Gita, um livro sagrado do Hinduísmo. A situação está a enfurecer os hindus, sobretudo na Índia onde protestos levaram hoje ao encerramento do parlamento.

A população hindu na Rússia é praticamente nula mas a seita Hare Krishna, que tem as suas raízes no Hinduísmo e usa o Bhagavad Gita como documento central ao seu cult, tem estado em crescimento e é vista com suspeição pelas autoridades e a Igreja Ortodoxa, a principal confissão religiosa do país.

A acusação na Sibéria é de que o livro é insultuoso para não crentes e poderá terminar com a proibição da obra, colocando-a na mesma lista que o Mein Kampf.

O Bhagavad Gita é considerado, para além de um livro sagrado para os hindus, uma obra-prima da literatura indiana. Assuma a forma de um diálogo entre o deus Krishna e um príncipe, chamado Arjuna, antes de este entrar numa batalha.

Na Índia a notícia foi recebida com revolta. Deputados no parlamento protestaram de tal forma, exigindo saber se o primeiro-ministro já tinha abordado o assunto com o Governo russo, que foi necessário adiar a sessão.

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Índia agendou para amanhã uma declaração sobre a posição do Governo a respeito deste incidente.