Tempo
|

Judaísmo

85 detidos por abusos sexuais em comunidade ortodoxa de Nova Iorque

13 dez, 2011

Entre os condenados encontra-se um rabino de 60 anos.

85 detidos por abusos sexuais em comunidade ortodoxa de Nova Iorque
Uma comunidade judaica ultra-ortodoxa de Nova Iorque está envolvida num caso de abusos sexuais sobre menores que já levou à detenção de 85 homens ao longo dos últimos três anos.

O caso, que está a ser investigado pelo departamento de crimes sexuais da polícia de Nova Iorque revela-se particularmente complexo devido à natureza fechada das comunidades ortodoxas. Aparentemente tem sido muito complicado levar as vítimas a denunciar os crimes ou a testemunhar. Dos 85 detidos, nos últimos três anos, pelo menos 24 foram libertados devido à impossibilidade de comprovar os crimes.

Contudo, tem havido também várias condenações, incluindo de um rabino de 60 anos que foi condenado por molestar um jovem de 16 anos e enfrenta uma pena de prisão até 32 anos.

Outro arguido é um assistente social de 27 anos, acusado de molestar dois jovens ortodoxos e de ter filmado alguns dos seus crimes.