Tempo
|

Indignados

Vaticano lamenta violência e profanação dos “indignados” em Roma

17 out, 2011

Uma igreja foi invadida e profanada pelos manifestantes na capital italiana

Vaticano lamenta violência e profanação dos “indignados” em Roma
O Vaticano condenou hoje os confrontos do último sábado, em Roma, durante a manifestação dos indignados, que provocou 135 feridos, entre os quais 105 polícias, e prejuízos superiores a um milhão de euros.

O porta-voz da Santa Sé, padre Frederico Lombardi, diz que foram "incidentes horríveis" e lembrou em particular a profanação de uma igreja no centro de Roma, na qual uma imagem da Virgem e um crucifixo foram destruídos.

“Um dia de tristeza, quase de luto”, referem por sua vez os jovens da Acção Católica, em comunicado, a respeito da violência provocada por grupos de manifestantes.