Tempo
|

Filipinas

Missionário italiano assassinado com dois tiros na cabeça

17 out, 2011

Padre era um conhecido opositor da indústria mineira, acusada de destruir o modo de vida dos mais pobres em Cotabato do Norte.

Missionário italiano assassinado com dois tiros na cabeça
Um sacerdote italiano ao serviço do Pontifício Instituto para as Missões Estrangeiras (PIME) foi assassinado esta manhã à saída de casa, nas Filipinas.

O padre Fausto Tentorio foi baleado duas vezes na cabeça à queima-roupa por um homem que não pode ser identificado, porque estava a usar um capacete. Depois do crime, o assassino escapou numa moto.

O ataque ainda não foi reivindicado. A agência católica AsiaNews adianta que o padre Fausto trabalhava de perto com as populações tribais da zona de Cotabato do Norte, defendendo vigorosamente os seus direitos face à indústria mineira, que, segundo um paroquiano, “está a destruir o modo de vida” dos locais.

Gianni Re, o superior da PIME nas Filipinas, recusou comentar o crime, mas sublinhou a sua tristeza. “Estou profundamente entristecido. O padre Fausto era um dos meus amigos mais próximos.”

Fausto Tentorio é o terceiro missionário da PIME a perder a vida nas Filipinas desde 1985.