Tempo
|

Arábia Saudita

Futebolista detido por mostrar tatuagem de Cristo

11 out, 2011

Clube diz que jogador estava no centro comercial para comprar “roupas islâmicas” para a sua mulher.

O futebolista Juan Pablo Pino, de origem colombiana, foi detido na semana passada por mostrar uma tatuagem da cara de Cristo, num centro comercial em Riade.

Pino, que joga no clube saudita An-Nasr, encontrava-se na companhia da sua mulher grávida quando alguns muçulmanos, irritados pela tatuagem que ostenta no seu antebraço esquerdo, o insultaram. A polícia religiosa acorreu ao local e deteve o casal, levando-os para uma esquadra e libertando-os mais tarde quando chegaram responsáveis do clube.

O clube emitiu mais tarde um comunicado em que o jogador alegadamente se mostrava entristecido pelo incidente e lamentava ter violado as leis do país. Lê-se ainda que o casal se encontrava no centro comercial para comprar “roupas islâmicas” para a mulher, para ela poder andar na rua “vestida de forma respeitosa”.