Tempo
|

Preocupação por cristãos perseguidos marcou Ronda da Lapinha

21 jun, 2015

Arcebispo de Karachi esteve presente juntamente com D. Jorge Ortiga.

Preocupação por cristãos perseguidos marcou Ronda da Lapinha

A preocupação pelos cristãos perseguidos marcou este ano a Ronda da Lapinha, em Guimarães, numa iniciativa conjunta com a Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), que trouxe a Portugal o arcebispo de Karachi e presidente da Conferência Episcopal Paquistanesa.

O percurso de 21 quilómetros, que começou e acabou no Santuário da Lapinha, passou por 14 freguesias. Durante a tarde foi feita a consagração a Nossa Senhora da Igreja do Paquistão e dos cristãos perseguidos.

Foram momentos que emocionaram D. Joseph Coutts: “Eu estou muito emocionado. Isto para mim foi uma coisa muito bela, ajudar com a oração e também de outros modos através da Ajuda à Igreja que Sofre. Foi muito bonito juntar tanta gente que sabe o que está a acontecer aos cristãos, não só no Paquistão, mas também na Síria, no Egipto, no Iraque”.

As declarações foram feitas já no final da Ronda da Lapinha e após o encontro privado que manteve com o Arcebispo de Braga.

Para D. Jorge Ortiga o testemunho do sofrimento de tantos cristãos pelo mundo deve ajudar a reforçar a fé no Ocidente.

“Parece-me que a presença de alguém que vem desse contexto onde a fidelidade acontece é um apelo. Ele veio trazer uma mensagem, mas é uma graça, para que os nossos cristãos – assim rezo para que aconteça – também sejam capazes de ter uma fé mais personalizada, mais convicta. Estou convencido que seremos menos no futuro, mas espero que sejamos de uma qualidade que estes nossos irmãos têm e mostram”, referiu D. Jorge Ortiga.

De visita a Portugal, a convite da Fundação AIS, o arcebispo de Karachi, D. Joseph Coutts, vai dar uma conferência na Igreja do Santíssimo Sacramento, em Lisboa, terça-feira, às 18 horas.