Tempo
|

"Tudo está perdoado", diz Maomé na capa do "Charlie Hebdo"

12 jan, 2015

O jornal satírico poderá aumentar a tiragem da sua próxima edição para três milhões de exemplares. Publicação é já na quarta-feira.

"Tudo está perdoado", diz Maomé na capa do "Charlie Hebdo"
A capa da próxima edição do jornal "Charlie Hebdo" é conhecida esta segunda-feira, embora a publicação esteja prevista apenas para quarta-feira.

Após o ataque que chocou o mundo ocidental e provocou 12 mortos, incluindo oito jornalistas, às mãos de terroristas islâmicos, o jornal optou por voltar a colocar na sua capa uma caricatura de Maomé, precisamente a razão invocada pelos atacantes.

Nesta capa, segundo o jornal "Le Figaro", vê-se Maomé, com uma lágrima no olho, a segurar num cartaz a dizer "Je Suis Charlie". A imagem é acompanhada de uma frase a dizer: "Tudo está perdoado".

O jornal prepara para quarta-feira a sua maior tiragem de sempre. Inicialmente foi anunciado um milhão de exemplares, mas poderá chegar aos três milhões caso as encomendas assim o justifiquem. A tiragem habitual do jornal era de 60.000 exemplares.

Tudo sobre os ataques em França

[Notícia actualizada às 23h00]