Tempo
|

Cardeal Saraiva Martins: Vaticano poderia acolher uma prova olímpica

15 dez, 2014

Roma tornou-se a primeira cidade a avançar para a candidatura à organização dos Jogos de 2024, beneficiando da nova regra que permite a descentralização da competição.

Cardeal Saraiva Martins: Vaticano poderia acolher uma prova olímpica
O Vaticano poderia acolher uma prova olímpica caso Roma fosse escolhida para acolher os Jogos Olímpicos de 2024, admitiu o cardeal português José Saraiva Martins.

"Parece-me uma excelente ideia, o Papa [Francisco] poderia aprovar", disse o cardeal português em entrevista ao jornal "Quotidiano Nazionale", publicado horas antes Governo italiano manifestar a intenção de candidatar Roma aos Jogos Olímpicos de 2024.

José Saraiva Martins lembrou que, apesar de o Vaticano nunca ter acolhido uma competição desportiva, "a Igreja sempre encorajou o desporto como veículo de valores sanos", o que é "um cavalo de batalha do Santo Padre".

A Santa Sé poderia, por exemplo, receber os concursos de tiro com arco. "Não temos apenas os jardins do Vaticano, mas também os grandes espaços da residência [papal] de Castelgandolfo [25 quilómetros a sudoeste de Roma]", que são pouco utilizados", indicou o cardeal português.

Roma tornou-se esta segunda-feira a primeira cidade a avançar para a candidatura à organização dos Jogos de 2024, beneficiando da nova regra aprovada pelo Comité Olímpico Internacional (COI), que permite a descentralização da competição.

O primeiro-ministro italiano Matteo Renzi assumiu que a capital italiana poderá recorrer à ajuda de outras cidades, como Florença, Nápoles e Sardenha.