Tempo
|

Estado Islâmico ataca cidade perto de Bagdad

21 nov, 2014

Ramadi é a capital da província de Anbar (em grande parte já controlada pelo Estado Islâmico) e uma cidade estrategicamente importante para as forças iraquianas já que fica a apenas a 90 quilómetros de Bagdad.

As forças do Estado Islâmico atacaram esta sexta-feira um complexo governamental em Ramadi, a capital de uma província do Iraque, numa tentativa de controlar totalmente a cidade.

Ramadi é a capital da província de Anbar, em grande parte já controlada pelo Estado Islâmico, e uma cidade estrategicamente importante para as forças iraquianas já que fica a apenas 90 quilómetros de Bagdade.

Instalados nos telhados dos edifícios mais altos de Ramadi, os jihadistas dispararam sobre escritórios do Governo e esquadras da polícia enquanto as forças do Governo e as milícias pró-governamentais tentam impedir o seu avanço.

Segundo a agência Reuters, as mesquitas “estão a pedir a todos os que tenham capacidade para manejar uma arma para confrontar os atacantes”.

Apesar dos ataques aéreos levados a cabo pelas forças da coligação internacional, chefiada pelos Estados Unidos, o Estado Islâmico controla grande parte do Norte do Iraque e algumas zonas (como é o caso da província de Anbar) do centro do país. Grande parte da Síria também está nas mãos do grupo islamita.

O Estado Islâmico é um grupo terrorista sunita e tem tido particular sucesso nas zonas sunitas do Iraque, onde existe já um grande descontentamento com o Governo que é controlado por xiitas desde o derrube do regime de Saddam Hussein. A maior parte das milícias populares que lutam ao lado do Governo contra o Estado Islâmico são compostas por xiitas.