Tempo
|

Estado Islâmico divulga vídeo de mais uma decapitação

16 nov, 2014

A vítima terá sido o norte-americano Peter Kassig, de 26 anos. As imagens ainda não foram confirmadas.

Estado Islâmico divulga vídeo de mais uma decapitação
O Estado Islâmico divulgou as imagens do assassínio de mais um refém ocidental, um antigo soldado Peter Kassig.

No vídeo um jihadista com sotaque britânico confirma que o corpo decapitado a seus pés é o de "Peter Edward Kassig, um cidadão norte-americano".

As imagens, publicadas na rede social Twitter do Estado Islâmico e ainda não autenticadas, mostram ainda várias outras decapitações de homens identificados como pilotos fiéis ao regime de Bashar al-Assad.

"Para Obama, o cão de Roma, hoje estamos a matar os soldados de Bashar e amanhã vamos matar os vossos soldados", diz o homem mascarado.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron já reagiu às imagens e disse estar horrorizado pelas imagens do "assassínio a sangue-frio". "O Estado Islâmico mostrou uma vez mais a sua depravação", acrescentou.

Peter Kassig, antigo soldado de 26 anos, converteu-se ao islamismo e adoptou o nome Abdul-Rahman. Estava nas mãos dos extremistas há um ano, quando foi capturado a caminho do leste da Síria.

Em 2012 Peter Kassig criara a "Special Emergency Response and Assistance (SERA)", uma organização de apoio aos refugiados na Síria, razão pela qual estava no país a fazer trabalho humanitário.

Antes de Peter, outros quatro ocidentais (dois norte-americanos e dois britânicos) foram decapitados pelo Estado Islâmico.