Tempo
|

O futuro da família

18 set, 2014

Ameaça do autodenominado Estado Islâmico foi outro dos temas em destaque no debate de actualidade religiosa da Renascença.

O futuro da família

A família vai estar no centro de várias iniciativas da Igreja Católica nos próximos dois anos e foi um dos temas em destaque no debate de actualidade religiosa da Renascença desta quarta-feira.

O Sínodo dos Bispos marcado para o próximo mês de Outubro será dedicado aos problemas que a família enfrenta no mundo contemporâneo.

A celebração presidida pelo Papa do matrimónio de 20 casais italianos, no último fim-de-semana, foi dos temas em análise. Francisco sublinhou que o casamento assenta exclusivamente na reciprocidade entre o homem e a mulher.

A ameaça do autodenominado Estado Islâmico, que resposta deve dar a comunidade internacional, o papel dos cristãos no Médio Oriente e do Islão moderado foram outros assuntos em destaque no debate desta quarta-feira.

Os convidados do debate de actualidade religiosa da Renascença são o bispo auxiliar de Lisboa, D. Nuno Brás; o jurista Pedro Vaz Patto; a vaticanista Aura Miguel e o jornalista António Marujo.