Tempo
|

Português vai liderar milhões de jovens escuteiros

14 ago, 2014 • Rosário Silva

João Armando Gonçalves foi eleito presidente do Comité Mundial do Escutismo, organismo que congrega 40 milhões de jovens.

Português vai liderar milhões de jovens escuteiros
O português João Armando Gonçalves foi eleito, esta quinta-feira, para a presidência do Comité Mundial da Organização Mundial do Movimento Escutista.

Escuteiro do Corpo Nacional de Escutas (CNE), Gonçalves foi eleito na Conferência Mundial do Escutismo que decorre em Liubliana, na Eslovénia, para um mandato de três anos.

O Comité Mundial constitui a direcção do movimento escutista, o maior movimento de jovens do mundo, composto por cerca de 40 milhões de escuteiros, originários de mais de 216 países e territórios.

João Armando Gonçalves foi eleito pela primeira vez para o Comité Mundial do Escutismo na 39ª Conferência Mundial do Escutismo, no Brasil, em Janeiro de 2011.

Esta conferência é a "assembleia geral" do escutismo, o órgão deliberativo da Organização Mundial do Movimento Escutista. A delegação portuguesa conta com três delegados do CNE , sendo um deles um elemento observador, e com outros três delegados da Associação de Escoteiros de Portugal (AEP).

Quatro décadas de escutismo
João Armando Gonçalves nasceu na Figueira da Foz, em 1963, e entrou no escutismo em 1976.

Foi escuteiro e dirigente no agrupamento do CNE da Figueira da Foz, secretário internacional do Corpo Nacional de Escutas (2009-2011), tendo também sido membro do Comité Europeu do Escutismo durante seis anos (2004-2010).

Simultaneamente, coordenou e foi mentor de muitas actividades escutistas nacionais e internacionais.