Tempo
|

Boko Haram volta a matar na Nigéria

21 mai, 2014

Terroristas reivindicam a morte de 26 pessoas em Alagarno, um dia depois de terem assassinado 118 pessoas.

O grupo terrorista islâmico Boko Haram foi acusado de matar pelo menos 26 pessoas num ataque a uma aldeia no nordeste da Nigéria, perto de onde centenas de estudantes foram sequestradas no final de Abril.

Este ataque acontece um dia depois de 118 pessoas terem sido mortas num duplo atentado no centro da cidade de Jos, também reivindicado pelo grupo terrorista.

No mais recente ataque, homens do Boko Haram terão passado horas a matar e saquear na aldeia de Alagarno, que fica perto de Chibok, onde mais de 200 alunas foram raptadas no mês passado.

Este sequestro causou indignação mundial e levou várias potências internacionais a enviar conselheiros militares para auxiliar o exército nigeriano.

[Actualizado às 17h20. Sobe o número de vítimas]