Tempo
|

D. Eurico foi defensor da liberdade de ensino e missionário corajoso

20 mai, 2014

Manuel Braga da Cruz recorda sobretudo um amigo, “que tinha a Universidade Católica no coração”.

D. Eurico Dias Nogueira foi um defensor da liberdade de ensino e um missionário corajoso. É dessa forma que Manuel Braga da Cruz, sociólogo e ex-reitor da Universidade Católica, recorda o antigo Arcebispo Primaz de Braga, que morreu na noite de segunda-feira, aos 91 anos.

“Foi um bispo, quando missionário em África, destemido, que soube chamar atenção para a necessidade do respeito integral dos direitos humanos de todos os moçambicanos. Mais tarde regressou ao continente como Arcebispo de Braga onde desenvolveu uma notável acção pastoral”, recorda Manuel Braga da Cruz.

“Em matéria de liberdade de ensino teve posições muito corajosas e soube sempre chamar atenção para a necessidade de respeitar esta liberdade confessional que infelizmente anda tão desrespeitada no nosso país.”

Mas o antigo reitor da Católica recorda também D. Eurico dias Nogueira como amigo e um arcebispo que tinha no coração esta Universidade. “Não posso deixar de o recordar sobretudo como um Arcebispo que desempenhou um papel importante na Universidade Católica. Tinha a Universidade Católica no coração e ficou-lhe uma atenção muito especial. A sua morte deixa-me particularmente triste, porque antes de mais tinha nele um amigo”.

O Corpo do Arcebispo Emérito de Braga vai estar a partir das 10h00 na Sé de Braga, onde será celebrada missa às 17h00. O funeral está marcado para quarta-feira, às 15h30, também na Sé de Braga.