Tempo
|

Fátima

Patriarca latino de Jerusalém preside à primeira peregrinação do ano

12 mai, 2014

O Serviço de Peregrinos do santuário elevou para 35 mil o número de peregrinos que até terça-feira, dia de encerramento da peregrinação, se desloca a pé por estes dias a Fátima.

Milhares de pessoas começam a concentrar-se em Fátima, para a primeira Peregrinação Aniversária do ano.

A peregrinação é presidida pelo patriarca latino de Jerusalém, Fouad Twal, naquela que é a sua segunda viagem a Fátima, após ter participado numa deslocação com doentes à Cova da da Iria.

Em declarações à sala de imprensa do santuário, o patriarca afirmou que em Fátima irá "apresentar a Nossa Senhora as súplicas dos seus filhos do Médio Oriente e as dos seus filhos de todo o mundo" e pedir "pelas necessidades dos cristãos e de todos os habitantes da sua pátria, a Terra Santa".

Fouad Twal adiantou que nesta ocasião deseja também "chamar todos os cristãos do mundo e todos os bispos a sentirem-se corresponsáveis pela comunidade cristã da Terra Santa e por todo o Médio Oriente, pela sua existência e pelo seu futuro", salientando que a região está "em chamas".

O Serviço de Peregrinos do santuário elevou para 35 mil o número de peregrinos que até terça-feira, dia de encerramento da peregrinação, se desloca a pé por estes dias a Fátima.

Até domingo, mais de 120 grupos de diversos países inscreveram-se junto do santuário para participar nas celebrações. Para garantir a segurança nas celebrações e cidade de Fátima, nos dois dias, a GNR mobilizou um total de 300 militares.