Tempo
|

"A enorme devoção" a Fátima em documentário

07 mai, 2014 • Paula Costa Dias

Para o realizador Manuel Arouca, o projecto "Fátima no Mundo" representou a sua conversão a Nossa Senhora.

O filme-documentário “Fátima no Mundo”, que estreia esta quinta-feira nas salas portuguesas, mostra o impacto que a mensagem de Nossa Senhora nos cinco continentes, afirma o reitor do santuário.

“Ajuda-nos a ter uma percepção e uma consciência muito maior daquilo que é a enorme devoção a Nossa Senhora de Fátima nos cinco continentes”, sublinha o padre Carlos Cabecinhas.

Para o realizador Manuel Arouca, o projecto representou a sua conversão a Nossa Senhora, depois de ter passado anos a conhecer testemunhos concretos de uma mensagem universal.

“As pessoas vão ver algo concreto, passar por emoções muito diferentes por causa dos continentes, até dos cânticos, pelas procissões. Através de tantos e tantos testemunhos, as pessoas vão perceber como no concreto, em histórias reais, é que esta devoção é tão universal”, refere Manuel Arouca.

“Fátima no Mundo” é uma produção conjunta entre o santuário e a Adonai, que surge no contexto das várias iniciativas culturais e de divulgação da mensagem de Fátima com vista à preparação e celebração do centenário das Aparições, em 2017.

Sendo o culminar de um projecto que teve início há vários anos, quando o santuário de Fátima propôs ao realizador Manuel Arouca a produção de um conjunto de episódios que desse a percepção da presença de Nossa Senhora no mundo, o filme foi realizado para ser exibido nas Jornadas Mundiais da Juventude.

O filme-documentário estará em exibição até 18 de Maio nos cinemas Lusomundo de Lisboa, Porto, Coimbra, Cascais, Braga, Vila Real e Viseu, e ainda em Maio, nos cinemas Lusomundo de Moçambique.