Tempo
|

Igreja de Évora reafirma família como “certeza entre desafios”

29 abr, 2014 • Rosário Silva

“O nascido tem direito a saber quem é o seu pai e a sua mãe. Não é para sermos retrógrados mas a família marca as nossas vidas para sempre” sublinha o padre Henrique Rios, responsável pelo Departamento Diocesano da Pastoral Familiar.  

A Arquidiocese de Évora celebra esta quinta-feira, dia feriado, o 6º Dia Diocesano da Família. Organizado pelo Departamento Diocesano da Pastoral Familiar, a jornada presidida pelo Arcebispo de Évora, D. José Alves tem como tema central “Família: uma certeza entre desafios”.

Em declarações à Renascença, o responsável pela Pastoral Familiar da diocese reconhece que, mais do que nunca, a família enfrenta grandes desafios aos quais é preciso dar resposta.

Numa altura em que está na ordem do dia a Gestação de Substituição, conhecida informalmente como "barrigas de aluguer", o sacerdote jesuíta alerta para a “obscuridade”, em muitas situações, da investigação laboratorial.

Fica o exemplo. “Por um lado é uma barriga de aluguer, do outro lado é uma mãe genética” afinal em que ficamos, questiona Henrique Rios que tem uma única certeza: “A afirmação de que o nascido tem direito a saber quem é o seu pai ou a sua mãe”.

“Está a ser um grande desafio e, nesse aspecto, não é uma questão de sermos retrógrados mas de dizermos que a família marca as nossas vidas para sempre” salienta. 

O responsável admite que há insucessos mas que a Igreja pode e deve continuar a intervir.

“Há fracassos, há. Então vamos ver como podemos ajudar. Na Igreja católica temos resposta, por exemplo a nível de fracassos económicos, com o apoio da Caritas mas não só. Mas também temos o aconselhamento e, hoje, eu digo nos Centros de Preparação para o Matrimónio (CPM), atenção que a família é um caminho. Há caminhos que são a subir outros que são a descer, mas é um caminho que nos leva a uma felicidade muito grande”.

O Dia Diocesano da Família vai decorrer durante a tarde de quinta-feira, nos Salesianos, em Évora e é aberto a todas as famílias. No final, será feita a entrega dos prémios referentes ao Concurso Nacional de Fotografia e inaugurada uma exposição itinerante, precisamente, alusivo ao tema “Família”.