Tempo
|

Roma nunca viu nada assim

27 abr, 2014

Num dia inédito para a História da Igreja Católica, quatro Papas vão protagonizar as cerimónias de canonização no Vaticano. Francisco e Bento XVI vão concelebrar a missa que confirma João XXIII e João Paulo II como santos. Na Praça de São Pedro voam bandeiras de 100 países.

Roma nunca viu nada assim

Milhares de fiéis inundaram este fim-de-semana a cidade de Roma para assistir e participar a um acontecimento histórico para a Igreja: os Papas João XXIII e João Paulo II vão ser confirmados santos, no Vaticano, pelo Papa Francisco e pelo Papa emérito Bento XVI, na primeira ocasião em que dois Papas vão juntar-se e concelebrar uma missa.

Novos e velhos, pessoas de todas as idades e de vários países, com destaque para os milhares de polacos que vieram aclamar João Paulo II, encheram as ruas do Vaticano durante o dia e noite de sábado pelo arranque das celebrações. Numa noite de festa, dormiu-se na rua, entoaram-se cânticos, na espera pela missa de canonização, marcada para este domingo às 9h00, hora de Lisboa.

O dia acordou cinzento em Roma, mas as pessoas não parecem estar perturbadas. Estão presentes mais de um milhão de fiéis, 150 cardeais, cerca de mil bispos e perto de seis mil sacerdotes com lugar reservado, fora os que estão na multidão. Para fazer a cobertura do evento para o mundo inteiro, estão quatro mil jornalistas acreditados, que acompanham as cerimónias lado a lado com as 122 delegações internacionais e os 24 chefes de Estado que participam nas canonizações. Uma nota curiosa: há 500 cinemas em todo o mundo a emitir as celebrações em 3D.

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete, vai representar Portugal, e José Manuel Durão Barroso marca presença em nome da Comissão Europeia. Entrevistado pela Renascença no sábado, Durão Barroso revelou que Timor-Leste foi um tema forte nos encontros que manteve com João Paulo II.  

A jornalista Aura Miguel, enviada da Renascença a Roma, vai acompanhar cada momento do dia, que estará também disponível em vídeo na Renascença V+. Aura Miguel tem também uma convidada em Roma, Isabel Alçada Cardoso, teóloga, professora na Universidade Católica.

A antena da Renascença vai transmitir a missa de Roma e por isso, este domingo, não há a habitual transmissão da missa às 11h00. O locutor Óscar Daniel tem dois convidados em estúdio, o padre Toni Neves, jornalista e Provincial dos Espiritanos, Rui Martins, responsável pelo Secretariado da Pastoral da Cultural.