Tempo
|

Assad faz visita pascal a vila cristã reconquistada aos rebeldes

20 abr, 2014

A visita de Assad serve também para realçar a imagem, que sempre tem tentado passar, de que o Presidente é o único garante da segurança das minorias religiosas no país.

Assad faz visita pascal a vila cristã reconquistada aos rebeldes
O presidente da Síria, Bashar al-Assad, fez, este domingo, uma visita surpresa à vila de Maaloula, a poucos quilómetros de Damasco.

O líder sírio aproveitou o facto de ser Domingo de Páscoa para visitar um dos marcos cristãos mais importantes do país. Maaloula tem vários mosteiros e é um dos últimos locais do mundo onde ainda se fala aramaico, o dialecto de Jesus Cristo.

A vila foi tomada por rebeldes em Dezembro de 2013. Na altura, várias freiras do mosteiro de Santa Tecla foram capturadas. As religiosas ortodoxas foram libertadas recentemente e, na segunda-feira passada, as forças do regime, apoiadas por militantes do Hezbollah, que actua normalmente no Líbano, reconquistaram a vila aos rebeldes islamitas.

A visita de Assad serve também para realçar a imagem que sempre tem tentado passar: a de que ele é o único garante da segurança das minorias religiosas no país.

A Síria é um país multiconfessional. Cerca de 10% da população, pelo menos até ao irromper da guerra, é cristã, mas 75% são sunitas e são estes que têm formado o grosso da oposição ao regime, que é dominado por outra minoria religiosa, os alauitas, um ramo do Islão Xiita.