Tempo
|

“Filho, o caminho não é esse”

14 abr, 2014 • Aura Miguel

Ressurreições há muitas e nem todas envolvem a morte física. Conheça a história de dois homens que estiveram longe da vida mas que conseguiram voltar à luz.

“Filho, o caminho não é esse”
“Filho, o caminho não é esse”
Crime, droga, violência. Era esta a vida de Johnson Semedo, para desespero dos seus pais, um casal pobre mas de valores, que vivia no bairro da Cova da Moura.

Quando o seu estilo de vida lhe apresentou factura, Johnson foi para a cadeia. Apesar de a droga ter estado sempre por perto, foi ali que a sua vida começou a mudar. Perdeu o pai atrás das grades. Nunca lhe pediu perdão pela forma como tinha vivido. Mas mudou, sente-se agora perdoado e hoje, quando as tentações atacam, ouve uma voz paterna que lhe diz: “Filho, o caminho não é esse”.

Conheça a história de Johnson e também a de Jorge Simão. Homens que caminharam nas trevas, mas que agora vivem na luz e que a Renascença ouviu precisamente nesta recta final da Quaresma, quando os cristãos se preparam para assinalar a morte e celebrar a ressurreição de Cristo.

NOTA: SE ESTIVER A CONSULTAR ESTE ARTIGO NA APLICAÇÃO DA RENASCENÇA PARA ANDROID, IPHONE OU MOBILE, O ÁUDIO NÃO ESTÁ DISPONÍVEL.