Tempo
|

Obama sobre o Papa. "Fiquei muito comovido pela sua compaixão"

27 mar, 2014

Presidente norte-americano disse ter ficado “grato” por ter conversado com o Papa sobre “a responsabilidade que todos partilhamos de cuidar de quem mais precisa, dos mais pobres e dos excluídos”.

Obama sobre o Papa. "Fiquei muito comovido pela sua compaixão"
Obama sobre o Papa. "Fiquei muito comovido pela sua compaixão"

O encontro com o Papa Francisco, esta quinta-feira, no Vaticano, deixou o Presidente norte-americano, Barack Obama, impressionado e comovido.

“O meu dia começou com a grande honra de conhecer Sua Santidade, o Papa Francisco. E, como toda a gente no mundo inteiro, fiquei muito comovido pela sua compaixão”, afirmou Barack Obama, em conferência de imprensa, em Roma.

O Presidente norte-americano, que se encontra em périplo pela Europa, disse ter ficado “grato” por ter conversado com o Papa sobre “a responsabilidade que todos partilhamos de cuidar de quem mais precisa, dos mais pobres e dos excluídos”.

“Fiquei muito comovido com a sua opinião da importância de todos termos uma perspectiva moral sobre os problemas mundiais e que não devemos apenas pensar no nosso interesse”, sublinhou Obama.

O Papa Francisco recebeu esta quinta-feira o Presidente norte-americano, numa audiência que durou cerca de uma hora.

No Vaticano foram discutidas questões bilaterais e de interesse para a Igreja Católica, como a liberdade religiosa, o direito à vida e a objecção de consciência.

Os temas internacionais também estiveram em cima da mesa, com ambas as partes coincidiram na necessidade do respeito humanitário e internacional, em zonas de conflito.