Tempo
|

Papa escreveu às famílias sobre o próximo Sínodo dos Bispos

10 set, 2014 • Aura Miguel

Francisco pede às famílias cristãs que rezem pelo próximo sínodo extraordinário, para que a Igreja adopte as medidas adequadas para enfrentar os actuais desafios.

“Queridas famílias, apresento-me à porta da vossa casa para vos falar de um acontecimento”. O Papa escreveu às famílias do mundo inteiro para lhes falar do Sínodo dos Bispos marcado para Outubro.

Na carta, divulgada esta terça-feira pelo Vaticano, Francisco pede às famílias cristãs que rezem pelo próximo sínodo extraordinário, para que a Igreja adopte as medidas adequadas para enfrentar os actuais desafios.

Dedicado ao tema da família, trata-se de um encontro que “envolve todo o povo de Deus”, diz o Papa, por isso, o apoio da oração é necessário e significativo, “para que o Espírito Santo ilumine os padres sinodais e os guie na sua exigente tarefa”.

Além deste sínodo, ainda haverá outro em 2015 e um encontro mundial das famílias de 2016.

É neste contexto que Francisco pede a todos que se unam em oração, para que a Igreja realize um verdadeiro caminho de discernimento e adopte os meios pastorais adequados de forma a ajudarem as famílias a enfrentar os desafios actuais à luz do Evangelho. 

Francisco recorda ainda a todas as famílias que o "amor autêntico brota de Jesus" e aproveita para pedir e agradecer as orações de todos pelos bispos e também pelo próprio Papa, "para que possa servir o povo de Deus na verdade e na caridade".

Na sua missiva, datada de 2 de Fevereiro, dia da festa da Apresentação do Senhor, o Papa agradece a todos quantos colaboraram ou ainda estão a colaborar “activamente” na preparação do evento, quer através de “sugestões concretas” quer também através da “ajuda indispensável da oração”.