Tempo
|

Um euro por uma estrela. Cáritas confia na generosidade dos portugueses

19 nov, 2013 • Ângela Roque

Campanha de Natal foi apresentada esta terça-feira em Lisboa. As receitas da campanha “10 milhões de estrelas – um gesto pela paz" vão ajudar os mais carenciados em Portugal e a população da Síria.

A Cáritas confia na generosidade dos portugueses que, apesar da crise, se manifestam dispostos a ajudar quem mais precisa. Eugénio da Fonseca acredita mesmo que é possível duplicar o número de velas vendidas o ano passado com a campanha solidária da Cáritas “10 milhões de estrelas – um gesto pela paz”.

"Vamos viver nessa expectativa de espalharmos um milhão de estrelas. E eu acho que o nosso povo é capaz disso. É só cada um pensar assim: este euro que tenho comigo vai ficar para uma estrela."

Para o presidente da Cáritas a cultura cristã que tem passado de geração em geração manifesta-se na forma como os portugueses querem sempre ajudar. "Ainda hoje, quando vinha para aqui, uma senhora se aproximou de mim e disse 'eu quero contribuir, diga-me como é que eu posso fazer'. Isto é bonito!".

As velas, a um euro cada, já estão à venda nos supermercados Pingo Doce e nas paróquias. Este ano, 35% das receitas da campanha destinam-se à população atingida pela guerra na Síria. Mas o grosso da ajuda, 65%, será para apoiar os mais carenciados em Portugal, que serão ajudados através das Cáritas diocesanas de todo o país.

Carlos Grade, o coordenador da campanha deste ano, diz que recebem cada vez mais pedidos de ajuda, sobretudo de famílias onde pai e mãe ficaram sem trabalho: "O aumento do desemprego é de facto um drama que está a acontecer. O que nos pedem muito é que os ajudemos a pagar a renda da casa, a água e a luz. Não sei se temos essa noção, mas é dramático muitas famílias não poderem pagar a renda da casa, e não terem água nem luz em casa.”

A iniciativa da Cáritas tem este ano o apoio da maestrina Joana Carneiro, que dá rosto à campanha, e que dia 14 de Dezembro vai dirigir um Concerto pela Paz, na Sé Catedral, com o Coro de Pequenos Cantores do Conservatório de Lisboa.

Também a escritora Maria Teresa Maia Gonzalez se associou ao projecto com o livro "Esperar Jesus com Maria - Caminho do Advento", editado pela Paulinas Editora, e cujas receitas vão reverter na totalidade para a Cáritas.