Tempo
|

"Convido-vos a rezar pela nação iraquiana"

30 out, 2013

Pedido do Papa Francisco foi deixado no final da audiência-geral das quarta-feiras.

O Papa pediu esta quarta-feira que se reze pela paz no Iraque, horas depois de mais um ataque suicida no país ter causado pelo menos 11 mortos e duas dezenas de feridos.

No final da audiência-geral, no Vaticano, Francisco dirigiu-se à delegação de representantes dos diferentes grupos religiosos iraquianos que hoje marcou presença na Praça de São Pedro: "Convido-vos a rezar pela querida nação iraquiana, infelizmente atingida, todos os dias, por trágicos episódios de violência, para que encontre o caminho da reconciliação, da paz, da unidade e da estabilidade".

Esta delegação de iraquianos participa, desde terça-feira, em Roma, num encontro promovido pelo Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-religioso.

Já quando saudou os peregrinos de língua árabe, em especial aos provenientes do Iraque, o Santo Padre lhes tinha pedido que se apoiem uns aos outros na oração: “Quando experimentarem inseguranças, desânimo e mesmo dúvidas no caminho da fé, procurai confiar na ajuda de Deus, mediante a oração filial, encontrando ao mesmo tempo a coragem e a humildade de vos abrirdes aos outros. Como é belo apoiarmo-nos uns aos outros no caminho da fé! Que o Senhor vos abençoe”.

Na catequese desta quarta-feira, o Papa também se referiu à festa litúrgica de Todos-os-Santos, que se assinala quinta-feira, e também à comemoração do 2 de Novembro, dia dos fiéis defuntos.