Tempo
|

“Ida de imagem para Roma é sinal da projecção do Santuário de Fátima”

10 out, 2013 • Paula Costa Dias

Em seu lugar na capelinha das aparições, ficará a Imagem da Virgem Peregrina de Fátima, entronizada na Basílica de Nossa Senhora do Rosário.  

“Ida de imagem para Roma é sinal da projecção do Santuário de Fátima”
Movidos pela fé... Milhares de fiéis encheram o santuário de Fátima para o 94º aniversário das aparições. Imagem de Nossa Senhora durante a procissão das velas é um dos momentos altos das cerimónias. PAULO CUNHA/LUSA.
A imagem de Nossa Senhora de Fátima, que é venerada na Capelinha das Aparições, vai estar sábado e domingo no Vaticano, num claro sinal da projecção do santuário e da mensagem de Fátima no mundo actual, considera o bispo de Leiria-Fátima.

É a terceira vez que a imagem vai a Roma, agora a pedido do Papa Francisco.

Para D. António Marto, a ida da imagem de Nossa senhora de Fátima ao Vaticano é ainda o reconhecimento da importância da devoção mariana.

“É o reconhecimento da importância da mensagem de Fátima, da importância do santuário de Fátima e a sua dimensão mundial quer para a igreja universal, quer para o mundo e, para esta época presente, uma vez que o Santo Padre vai fazer a consagração do mundo ao imaculado coração de Maria.”

Em seu lugar na capelinha das aparições, ficará a Imagem da Virgem Peregrina de Fátima, entronizada na Basílica de Nossa Senhora do Rosário.

Esta é já a terceira vez que a imagem vai a Roma: a primeira foi em 1984, a pedido de João Paulo II, para a Consagração do Mundo ao Imaculado Coração de Maria e a segunda foi em 2000 quando o mesmo Papa quis consagrar o novo milénio à Virgem.

Com pouco mais de 1,5 metros de altura, a imagem esculpida pelo mestre José Thedim viaja na madrugada deste sábado num avião da TAP acompanhada de uma delegação de seis pessoas, liderada pelo reitor do Santuário de Fátima.