Bispo português morreu aos 90 anos, em Moçambique

08 ago, 2013 • Ecclesia

D. Luís Gonzaga Ferreira da Silva, jesuíta, esteve mais de três décadas à frente da Diocese de Lichinga.  
O bispo D. Luís Gonzaga Ferreira da Silva, jesuíta de 90 anos, faleceu esta quarta-feira em Moçambique, anunciou hoje a província portuguesa da Companhia de Jesus.

O prelado, que nasceu no concelho de Santo Tirso, a 2 de Abril de 1923, foi bispo de Lichinga (antiga Vila Cabral), no norte de Moçambique, entre 1972 e 2003.

“Depois de ter resignado, regressou à Angónia, no outro lado do Lago Niassa, onde tinha sido missionário, desde os anos 50” do século XX, referem os jesuítas em Portugal.

O falecido bispo “viveu os últimos anos entre os Angonis, como ajudante de pároco, ao serviço das comunidades cristãs”.

D. Luís Gonzaga Ferreira da Silva tinha sido atropelado na última semana e acabou por falecer.

“De modo especial na Angónia, era por todos admirada a dedicação, simplicidade de vida e proximidade do pastor que deu a vida pelas ovelhas”, destaca o provincial português da Companhia de Jesus, padre Alberto Brito.