Tempo
|

Cardeal assinala 68º aniversário do bombardeamento de Hiroshima e Nagasaki

05 ago, 2013 • Ecclesia

Peter Turkson vai participar em celebrações inter-religiosas e associar-se a iniciativa da Conferência Episcopal nipónica.

Cardeal assinala 68º aniversário do bombardeamento de Hiroshima e Nagasaki
O presidente do Conselho Pontifício Justiça e Paz chegou esta sexta-feira ao Japão para participar em diversas celebrações que assinalam o 68.º aniversário do bombardeamento das cidades de Hiroshima e Nagazaki.

Segundo uma nota publicada pelo portal de notícias do Vaticano, o cardeal Peter Turkson vai recordar as dezenas de milhares de pessoas que perderam a vida, em agosto de 1945, durante os bombardeamentos atómicos que marcaram a fase final da II Guerra Mundial.

A visita insere-se na iniciativa “Dez dias pela paz”, promovida pela Conferência Episcopal Japonesa, entre os dias 6 e 15 deste mês.

O programa do cardeal ganês iniciou-se esta segunda-feira na catedral de Hiroshima, com uma missa, e prossegue esta terça-feira, num encontro inter-religioso que vai reunir budistas, xintoístas e protestantes e no qual “pronunciará um discurso centralizado na colaboração recíproca para a construção da paz mundial”.

Nos dias 6 e 9 de agosto de 1945, duas cidades japonesas foram devastadas em segundos por bombas atómicas dos EUA, que mataram cem mil pessoas em Hiroshima e 74 mil em Nagasaki.

O presidente do Conselho Pontifício Justiça e Paz vai deslocar-se até Nagasaki, na quarta-feira, onde participará num jantar no Centro Inter-religioso para o Diálogo Sobre a Paz Mundial.

No dia seguinte, no âmbito de uma cerimónia inter-religiosa organizada no “Ground-Zero Park” daquela cidade, o cardeal vai recitar uma oração por todas as vítimas, na qual também recordará particularmente todos aqueles que não morreram, mas que ainda hoje sofrem com os efeitos da radioatividade.

A viagem conclui-se na sexta-feira, ainda em Nagasaki, com uma missa pela “paz no mundo”, refere o Vaticano.