Tempo
|

Bomba fere três pessoas em templo budista na Indonésia

05 ago, 2013

Segundo Jakarta a bomba terá sido colocada em protesto contra o tratamento dos muçulmanos na Birmânia às mãos da comunidade budista local.

A explosão de uma pequena bomba num templo budista na Indonésia fez três feridos ligeiros. O engenho deflagrou quando estavam fiéis no interior do templo a rezar. Outra bomba não rebentou e foi desactivada pelas autoridades.

Para além dos três feridos ligeiros a explosão não causou danos significativos, mas representa mais uma escalada num conflito inter-religioso que ganha contornos cada vez mais graves na região.

Segundo as autoridades, a bomba terá sido colocada por muçulmanos em protesto contra a perseguição a que os seus correligionários têm sido sujeitos na Birmânia, conhecida também como Myanmar.

A Birmânia é um país de maioria budista mas que tem uma minoria étnica, os Rohingya, que é maioritariamente islâmica. Ao longo dos últimos meses conflitos entre a maioria budista e os Rohingya fizeram pelo menos 167 mortos.

Já a Indonésia é o maior país muçulmano do mundo, em termos demográficos. Já em 2013 um conflito num campo de refugiados birmaneses na Indonésia, entre budistas e muçulmanos, fez oito mortos.

Segundo as autoridades indonésias outros dois homens foram detidos quando planeavam fazer um atentado contra a embaixada birmanesa em Jakarta.