Tempo
|

Detidos suspeitos de rapto de bispos sírios

25 jul, 2013

Três meses após o rapto não se sabe nada sobre o estado dos dois bispos, mas aumentam as suspeitas de que tenham sido assassinados.

Foram detidos, na Turquia três pessoas suspeitas do rapto de dois bispos sírios, em Abril passado.

Até ao momento, desconhece-se o que terá acontecido aos dois prelados, mas aumentam as suspeitas de que terão sido assassinados pouco depois de terem sido levados por rebeldes na Síria.

O carro que transportava o Arcebispo Greco-Ortodoxo Boulos Yaziji e o Arcebispo Ortodoxo Siríaco Yohanna Ibrahim foi interceptado nos arredores de Alepo e o seu condutor foi assassinado no local.

A notícia da detenção dos suspeitos foi avançada, esta quinta-feira, por uma agência turca de informação, que não esclarece a data em que terá decorrido a detenção. Sabe-se, contudo, que os suspeitos foram capturados pela polícia durante uma operação de segurança numa estrada que liga Konya, no centro do país, a Ancara.

A fronteira entre a Síria e a Turquia é bastante porosa, permitindo a vários grupos rebeldes, que combatem contra o regime de Bashar al-Assad, entrar e sair facilmente do país.