Tempo
|

Greve da SATA impede milhares de festejarem Senhor Santo Cristo

04 mai, 2013 • Filipe d'Avillez, em São Miguel

Populares acreditam que os trabalhadores podem ter razão nas reivindicações, mas lamentam as datas escolhidas para a greve, que afectou sobretudo emigrantes açoreanos nas américas.

Greve da SATA impede milhares de festejarem Senhor Santo Cristo

As festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres, em São Miguel, nos Açores, estão a ser duramente afectadas pela greve da SATA. A paralisação impediu que milhares de emigrantes açoreanos, sobretudo radicados nas américas, viajassem para o arquipélago para participar nas festas.

O bispo de Angra, D. António de Sousa Braga, prefere desvalorizar a greve e focar a expressão de fé que este evento representa: “Penso que não afecta negativamente porque as festas valem por si e vão manter o seu brilhantismo com esta pena de que nem todos os que gostavam de estar vieram, com algum prejuízo para as famílias que tinham intenção de vir e também com prejuízo para a economia já débil da região, porque era uma altura em que os hotéis enchiam”.

“Mas a festa não tem só essa vertente, é uma expressão de religiosidade popular, uma grande expressão de fé, que é muito importante neste momento de crise e de dificuldades, muito importante para sentirmos mais o apoio e a confiança em Cristo que veio para regenerar a humanidade.”

Já Manuela Medeiros, que dirige uma banca no Campo de São Francisco, centro dos festejos, revela que esta decisão dos trabalhadores custa a aceitar. “Sentimos muito. São as festas maiores da nossa região, em que vem muitos imigrantes, muita gente até do continente. É uma marca que nos fica e que dói”.

José Duarte, que visita do Faial, concorda: “Não quero dizer que não tenham razão, mas penso que deviam ter escolhido outra altura, porque esta é uma altura em que é muito prejudicial para a região”.

Apesar da ausência de muitos peregrinos que gostariam de estar presentes, o Campo de São Francisco esteve cheio de fiés e bastantes estrangeiros que conseguiram furar a greve para marcar presença.

As festas do Senhor Santo Cristo tiveram o seu início oficial na sexta-feira com a inauguração da iluminação da fachada do santuário, bem no centro de Ponta Delgada. O Cardeal Séan O'Malley, de Boston, já se encontra na ilha. O Arcebispo de Boston preside este ano às celebrações, que terão o seu ponto alto no Domingo.