Tempo
|

Bispos americanos pedem orações por Boston

16 abr, 2013 • Filipe d’Avillez

Cidadãos já se mobilizam para ajudar como puderem. Uma folha de contactos elenca as casas onde familiares das vítimas possam dormir caso queiram viajar para a cidade.

Bispos americanos pedem orações por Boston
Pouco depois dos primeiros relatos das explosões em Boston que já fizeram pelo menos dois mortos e dezenas de feridos, a arquidiocese local colocou uma curta mensagem na sua página do Facebook: “À medida que surgem notícias dos mortos e feridos, pedimos que se voltem para o Senhor e rezem por eles e por quem os ama, que recebam o consolo do Espírito Santo, a misericórdia de Deus e o abraço maternal da Mãe Santíssima”.
 
Cardeal Seán O'Malley, Arcebispo de Boston, que se encontra em peregrinação na Terra Santa, enviou uma mensagem em que se junta a "todas as pessoas de boa-vontade, em profunda tristeza após estes actos de violência sem sentido".
 
Já o Cardeal Timothy Dolan, presidente da Conferência Episcopal dos Estados Unidos, escreveu logo uma mensagem na sua conta do Twitter, também a pedir orações pelas vítimas: “Juntem-se a mim na oração pelos mortos e feridos pelas explosões da Maratona de Boston e da biblioteca JFK”.
 
Por entre as várias mensagens de solidariedade para com as vítimas, destaca-se a elaboração de uma simples folha de contactos de pessoas que disponibilizam espaço nas suas casas para receber familiares de vítimas ou pessoas que precisem de viajar para Boston por assuntos relacionados com a explosão. O documento inclui nomes, números de contacto, e-mail e alguns dos voluntários oferecem-se até para ir buscar os seus eventuais hóspedes ao aeroporto.
 
Duas das explosões tiveram lugar junto à meta da maratona de Boston que todos os anos acolhe milhares de atletas de todo o mundo.