Tempo
|

Vaticano nega que Bento XVI esteja gravemente doente

11 abr, 2013

Padre Frederico Lombardi reage a notícia avançada por jornalista espanhola.

O Vaticano nega que o Papa Emérito Bento XVI tenha alguma doença grave, além dos problemas associados à sua idade avançada.

O porta-voz do Vaticano, o padre Frederico Lombardi, disse ao jornal norte-americano “National Catholic Register” que Bento XVI “não está doente” e “os problemas estão relacionados com a idade”.

As declarações do o padre Frederico Lombardi vêm reforçar os comunicados divulgados pelo Vaticano desde a resignação de Bento XVI.

O esclarecimento do porta-voz da Santa Sé acontece depois de a jornalista espanhola Paloma Gómez Borerro ter afirmado a sua convicção de que o Papa Emérito pode "ter algo bastante grave".

A declaração foi feita durante a apresentação de um livro em Madrid e baseou-se naquilo que garante ter sido uma “deterioração física tremenda de Bento XVI em 15 dias”.

Bento XVI anunciou a sua resignação a 11 de Fevereiro, justificando a decisão com falta de forças devido à idade avançada, 85 anos.