Tempo
|

Obras de Fé

Aliados na luta contra o cancro

27 mar, 2013 • Liliana Monteiro

José António Garcia é voluntário no IPO há 12 anos mas não tem dúvidas de que recebe muito mais do que dá.  

Aliados na luta contra o cancro
Não chegam a 400 mas dão luta sem tréguas a uma das doenças mais dramáticas da sociedade moderna. São milhares os doentes de cancro que esperam por eles, pela alegria que trazem e pelo sorriso que invariavelmente conseguem despertar.

Maria da Graça é voluntária no Instituto Português de Oncologia há 18 anos. Foi a primeira a visitar o Ricardo, internado há 11 dias e já foi adoptada por ele: chama-lhe tia e já não passa sem as suas visitas.

Maria da Graça é uma de centenas de membros da Liga Portuguesa contra o Cancro e já perdeu a conta às horas que passou no hospital, mas uma coisa não esquece: quando lá foi a primeira vez e quando decidiu que havia ali pessoas a precisar da sua ajuda, quando começou aquilo a que chama o “bichinho do voluntariado”.

Com Maria da Graça anda também José António Garcia são a dupla desta tarde, ele juntou-se ao voluntariado há 12 anos e é um pouco mais tímido e reservado, mas não tem duvidas que recebe todos os dias muito de quem enfrenta graves problemas de saúde e está muitas vezes no limite da vida, aqueles a quem dá um sorriso, duas ou três palavras de conversa, a quem ajuda que a comida chegue muitas vezes à boca.